A produção agrícola catarinense deve ser 6,9% menor em 2018 na comparação com o ano passado. O principal fator de explicação é a queda na área plantada do milho, que caiu em função dos baixos preços na safra passada. Para esse ano, a colheita do grão no Estado será 10,8% menor. A soja também terá queda, mas de apenas 1,8%. Já o arroz verá uma redução de 4,9%, enquanto a cana-de-açúcar ficará estável. Os dados fazem parte do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, realizado mensalmente pelo IBGE e divulgado nesta terça-feira (10). Nacionalmente, a queda na produção agrícola será um pouco menor, de 4,7%.