Não? Então tá. Porque o órgão da Prefeitura de Joinville responsável pelo trânsito tirou todos os estacionamentos de “embarque e desembarque” em frente a hotéis, shoppings e pontos turísticos? É o que questionam os empresários do setor, que se desdobram para trazer turistas à cidade. Se ainda há alguém que não sabe que o turismo gera empregos e renda, além de gordas divisas para a cidade, está na hora de saber. Principalmente os diretamente responsáveis, leia-se Itrans. Enquanto o Convention Bureau, Sindicato de Hotéis e Restaurantes, Núcleo de Turismo da Ajorpeme e outras instituições afins se debatem na busca de eventos e visitantes, o órgão público, em vez de colaborar cria empecilhos? Absurdo! Conforme Conceição Junkes, que atua com uma agência de turismo receptivo, há algumas placas com: “estacionamento para ônibus de turismo”, mas esses locais, segundo ela, são geralmente ocupados por ônibus que trazem pessoas de outras cidades para clínicas e consultas de saúde. Quando um ônibus, van ou carro chega com turistas, em especial com idosos e/ou crianças, não há espaço para o embarque e desembarque. A Secretaria de Turismo e Cultura precisa se empenhar na solução desta situação. Isso só pode espantar os visitantes. É como colocar uma placa no Pórtico de Entrada: “Não entre em Joinville, a cidade não tem lugar pra você”…