Representantes da Gerência de Pesca e da Colônia dos Pescadores de São Francisco do Sul estiveram na Superintendência Federal de Pesca e Agricultura, em Florianópolis, para protocolar e tratar das licenças de pesca da tainha na modalidade arrasto de praia. Após a reunião com o engenheiro Diego Mendes Baggio, representante do MAPA, o gerente da Pesca, Marcon Machado, e o presidente da Z/02 – Colônia de Pesca, Antônio Pedro de Oliveira, ficou definido o prazo e a localização onde acontecerá a pesca da tainha 2018.

Pontos
Serão 13 pontos de arrasto de praia, segundo o gerente da Pesca, dentro do perímetro da foz do Rio Acaraí até a ponta da praia do Capri, região norte, espaços estes divididos e preenchidos por 23 embarcações devidamente licenciadas.