FIG World Challenge Cup Brasil 2016 | CBG - Confederacao Brasileira de Ginastica | Photo: RicardoBufolin/CBG

A Confederação Brasileira de Ginástica está envolvida num dos maiores escândalos recentes do esporte brasileiro. O seu ex-treinador Fernando de Carvalho Lopes foi acusado de abusar de 40 atletas e ex-atletas. A reportagem também apontou que o coordenador da ginástica brasileira, Marcos Goto, que já foi treinador, um dos nomes mais vitoriosos do esporte na história, foi acusado por ex-atletas de fazer brincadeira com o caso. Em nota, a CBG disse que “Nenhum caso de assédio ou abuso ficará sem rigorosa apuração e eventual sanção, conforme a hipótese”. Fernando Lopes, chegou a treinar Diego Hypólito, mas foi afastado da seleção brasileira de ginástica pouco antes dos Jogos do Rio 2016 por conta de uma denúncia contra ele de abuso sexual a jovens. Desde aquela época, a CBG vem tentando combater casos do gênero. A entidade firmou, em março, convênio com o Ministério do Trabalho para combate a assédio moral e sexual.